Dicas

Como escolher o buquê de noiva


Postada em 18/11/2019 às 12:30
Por Marília Montich

Arquivo Lili Vieira

O buquê é um dos acessórios mais importantes para uma noiva. Lírios, rosas, tulipas, camélias, flores silvestres… as opções são inúmeras e devem estar de acordo com o conjunto para trazer harmonia e sofisticação.


A primeira dica é combinar o buquê com o vestido. O redondo, que simula metade da uma esfera, é ideal para trajes simples, mas com saia mais elaborada. Já o silvestre, feito com flores da estação, se encaixa bem em casamentos no campo ou rústicos. O assimétrico, por sua vez, é formado por flores muito diferentes dispostas de uma maneira que parecem estar bagunçadas. Ótima opção para as noivas que escolhem vestidos de decotes fechados ou com decote coração. Finalmente, os cascatas são verticais e perfeitos para noivas altas.


Em seguida, tenha em mente o formato do seu corpo. Se você tem a cintura fina com mais volume no tórax e no quadril, é aconselhável usar um buquê redondo ou cascata. Se tem quadris largos, mas suas formas são arredondadas e bem definidas, os buquê podem ser cascata, silvestre ou assimétrico. Se sua silhueta se caracteriza por ter ombros muito estreitos e quadris largos, o assimétrico ou em cascata são perfeitos. Já seu corpo for mais redondo, buquês cascata ou assimétrico irão alongá-la.


Nunca deixe de lado a sua personalidade. Noivas tradicionais costumam escolher buquês redondos. Já para noiva romântica o cascata é a melhor opção. O estilo boho vai bem com o silvestre.


Não esqueça de escolher as flores de acordo com a estação do ano. Tulipas, anêmonas, botões de ouro e rosas são perfeitas para o inverno, enquanto casamentos de verão pedem margaridas, peônias, cravos e dálias.


E aí? O que achou das dicas? Marque um horário no Ateliê Lili Vieira e se surpreenda ainda mais com o universo de noivas.