Dicas

Confira inspirações para vestido de dama de honra


Postada em 17/11/2019 às 18:30
Por Marília Montich

Arquivo Lili Vieira

A dama de honra é uma peça-chave nas cerimônias de casamento. Sua aparição é um dos momentos mais esperados e, por isso, o vestido escolhido para ela – seja uma criança ou uma jovem – requer atenção especial.


As crianças costumam usar vestidos de daminha longos e rodados. A ideia é remeter a bonecas ou princesas, dando um toque gracioso ao casamento.


Já os vestidos de damas jovens podem ter comprimento curto ou midi. Os modelos podem ser tanto rodados como mais retos. A escolha fica a critério da noiva.


Ao pensar no vestido de dama de honra não esqueça de seguir a mesma identidade visual do restante do casamento. Se a cerimônia for mais clássica, assim deverá ser também o traje. Se for algo mais moderno, está permitido ousar um pouco mais.


Se a festa for de dia, aposte em tecidos fluidos. Tons de bege, azul, rosa claro e nude são boas escolhas. A noite, contudo, pede um pouco mais de glamour. Tecidos refinados, como a renda e a seda caem bem, assim como aplicações de pedrarias.


Além da noiva, a dama de hora é a única que está liberada para usar branco. Esta costuma, aliás, ser uma escolha frequente. Neste caso, as faixas coloridas dão um toque bacana ao vestido.


É importante lembrar de respeitar a idade da dama e suas características. Crianças não devem parecer adultos e adolescentes não devem parecer criancinhas.


Tenha em mente também que a daminha não é uma mini noiva. Assim, não é recomendado que o vestido dela seja uma réplica do vestido da estrela do casamento.


No cabelo, uma tiara pode ser uma boa opção, já que as crianças nem sempre costumam gostar de acessórios na cabeça. Fica clássico, simples e bonito.


A vestimenta deve ser escolhida com dois meses de antecedência, em comum acordo entre a noiva, damas e as mães das damas, caso elas sejam menores.


Ainda está em dúvida sobre qual o vestido de dama de honra ideal? Agende uma visita no Ateliê Lili Viera e saia de lá confiante na sua escolha.